Skip to content

Uva

Especificações

Nome científico: Vitis spp
Nome popular: uva
Família botânica: Vitaceae
Características gerais: A uva, uma das mais antigas frutas consumidas pelo homem, é representada por várias espécies, sendo a mais importante a V. vinifera, a uva europeia, a mais importante, também chamadas de uvas finas, que são usadas para consumo e, principalmente, para vinho. Essa espécie é de vários centros de origem europeus. Outras espécies originadas na América, em centros de refúgio americanos, como Estados Unidos, México e Costa Rica, são as espécies V. labrusca, V. aestivalis e V. bourquina e outras, utilizadas para vinho e consumo, e como porta-enxertos. Há híbridos das espécies citadas utilizadas tanto para vinho como para consumo. Distribuída por todo o mundo, é cultivada em todos os continentes. No Brasil, é cultivada de norte a sul, mas principalmente nos Estados de SP, RS, SC, MG, PR, BA, PE e outros, com o Vale do São Francisco como maior produtor e exportador. Há muitas variedades tanto para uso ao natural, como para vinho, ou para ambas as finalidades. Os frutos são bagas, agrupadas nos cachos, que são formados pelo engaço e pelas bagas, estas com ou sem sementes, que variam em tamanho, cor, forma, sabor e aroma.
Usos: A uva é uma das principais frutas de consumo ao natural, em culinária, como vinho, suco, refrescos, geleias, sorvetes, musses e doces, e tem sido muito difundido seu poder antioxidante, ou seja, medicinal. As variedades de mesa mais comuns em nosso mercado são a Itália e a Niagara, mas mais recentemente as sem sementes têm ganhado espaço. A Itália é ofertada no mercado de dezembro a março, e a Niagara de dezembro a janeiro, mas tem sido ampliada sua oferta com novas técnicas de produção. Pela sua boa conservação a frio, as uvas podem ser comercializadas durante maior tempo. Nas uvas de cor verde, como a Itália, corre-se o risco de consumo de frutas ainda imaturas, o que deprecia seu valor nutricional e alimentar.
Fonte: DONADIO, L.C.; ZACCARO, R.P. Valor nutricional de frutas.

VALOR NUTRICIONAL

Minerais – Potássio – 175-197 mg; fósforo – 17- 31 mg; enxofre – 24 mg; cálcio – 10- 19 mg; sódio – 2-15 mg; silício – 3 mg; magnésio – 4 mg; ferro – 0,2-0,7 mg.
Vitaminas – vitamina C – 4,6 mg; vitamina B1 e B2 – 60 mcg cada uma; B3 – 0,56 mg.
Fonte: DONADIO, L.C.; ZACCARO, R.P. Valor nutricional de frutas

INFORMAÇÕES ADICIONAIS
A viticultura comercial brasileira consolidou-se no início do século XX com o cultivo de espécies americanas. As castas europeias passaram a ter importância comercialmente por volta de 1950. Até a década de 1960, a vitivinicultura ficou restrita ao Sul e Sudeste. A partir daí, com a introdução de novas tecnologias, destacando-se sistemas de manejo e novas cultivares para condições tropicais, desenvolvidas e aprimoradas no Brasil, a viticultura expandiu-se em diversas regiões do País. A atual área vitícola brasileira situa-se ao redor de 83.700 ha, com uma produção anual oscilando entre 1.300.000 e 1.400.000 toneladas. A grande maioria das uvas e os seus derivados são consumidos no mercado interno; o suco de uva concentrado e a uva de mesa são os principais produtos de exportação. (UMBERTO ALMEIDA CAMARGO. Vino Vitis Consultoria Ltda. Bento Gonçalves, RS)